5 razões para adotar o uso de Data Analytics na cobrança

Em evidência há alguns anos, o Data Analytics já deixou de ser novidade. Mas a sua aplicação prática ainda é pouco explorada na cobrança. Descubra como esse recurso pode ser utilizado ao seu favor!

Os dados certamente se tornaram a nova moeda do mundo moderno. Segundo um estudo realizado em 2019, cerca de 60% das organizações no Brasil já utilizam Data e Analytics para orientar suas estratégias de negócios.

No cenário da recuperação de crédito, no entanto, ainda não se tornou tão comum vermos muitas empresas investindo no uso aplicado dos dados.

O que pode até parecer meio controverso se pararmos para pensar: afinal, quanto mais informações você possuir sobre o devedor, melhor será para definir uma maneira eficiente de recuperar seu crédito, concorda?

Mas, ao mesmo tempo, possuir uma enorme quantidade de dados e não saber como utilizar o seu favor pode não parecer vantajoso.

A adoção de um modelo de cobrança  que utilize  Data Analytics, ou seja, de um método de análise que transforme essa avalanche de dados em informações relevantes, pode servir para validar ou até mesmo substituir um score de crédito convencional.

Independente do foco da sua operação de cobrança (varejo, cartões, veículos ou estudantil) o uso prático dos dados irão servir para guiar todas as ações tomadas em uma régua de cobrança.

Entenda neste post como a utilização de Data Analytics na Cobrança pode melhorar a eficiência da sua recuperação de crédito!

Como o uso de Data Analytics pode beneficiar minha cobrança?

Empresas que detém dos recursos necessários para usar o poder dos dados a seu favor na cobrança, certamente já estão com uma enorme vantagem (em vários quesitos).

Utilizar dados confiáveis para nortear as ações de cobrança, torna toda a estratégia mais consistente; além é claro, de ser o sonho de consumo de todo gerente de cobrança.

Ainda assim, esse é somente um dos diferenciais competitivos que a implementação do método possibilita.

Listamos abaixo os cinco principais benefícios da cobrança feita com uso de Data Analytics.  Confira!

1# Possuir uma base de dados atualizada

Dificilmente os dados de um cliente permaneceram os mesmos desde o momento em que foi realizado o financiamento. Isso torna ainda mais difícil garantir o sucesso da recuperação do crédito – principalmente, quanto maior for o tempo de vencimento do débito.

Neste sentido, o uso do enriquecimento de dados estratégicos (que vão muito além das informações possuídas pelos credores) pode driblar esse obstáculo fornecendo melhores referencias para uma análise: Serasa Score, histórico de estabilidade no trabalho, processos judiciais e informações de contato atualizadas.

Dessa forma, você terá tudo que se é preciso para melhorar exponencialmente a qualidade das informações de sua base.

2# Identificar perfis de consumidores

O perfil dos devedores é uma das variareis que mais se modificou com o passar dos anos. Não é mais possível garantir total eficiência com uma metodologia de cobrança que é embasada somente em históricos de crédito.

Existem outros fatores que não serão contabilizados nesse resultado: gerações de devedores sem histórico de crédito, pessoas não-bancarizadas ou que atuam no mercado informal, etc.

Com o cruzamento e análise de dados é possível desenvolver uma scoragem, atribuindo pontuações para as respostas das interações de cada devedor.

Desse modo, é possível classificar seus clientes em clusters com mais exatidão.

3# Melhorar a localização de devedores

Como havíamos mencionado antes, provavelmente as informações de contato de um cliente não permanecerão por muitos anos iguais às do momento em que o crédito foi concedido.

Por isso, dispor de um método de pesquisa capaz de localizar informações atuais do devedor, possibilita maiores índices de CPC nas chamadas (Contato com a Pessoa Certa).

4# Prever o futuro! (Análise preditiva)

Já imaginou como seria prever os próximos passos de seus clientes na cobrança?

Acredite, não estamos exagerando nenhum pouco em propor essa possibilidade. Como mencionamos no item #2, para melhorar a identificação dos perfis de consumidores é recomendado trabalhar com um score próprio.

A partir disso, é possível ir mais fundo: utilizar dados para gerar relatórios que identifiquem comportamentos e tendências dos devedores.

5# Possibilitar negociações personalizadas

Quem trabalha com cobrança sabe: toda chance de contato com o cliente deve ser aproveitada ao máximo. Entretanto, são inúmeros os motivos que fazem com o que o cliente não aceite negociar logo de inicio.

Dessa forma, a abordagem necessita ser cada vez mais cirúrgica, não só do ponto de vista da argumentação, mas principalmente, da proposta oferecida.

Alguns clientes são mais propenso a parcelamentos, outros tendem a engajar com a oferta de descontos. Uma vez que é possível descobrir qual tipo de proposta tem mais aderência para determinados grupos de devedores, será possível realizar ações de cobrança personalizas para cada um deles.

Contudo, o Data Analytics nada mais é do que o uso aplicado de dados. Ou seja, para que esse recurso tenha efeito na cobrança, é preciso ter à disposição tanto da tecnologia quanto dos profissionais especializados.

Em virtude dos gastos com a implantação de todo o processo, a maioria das empresas acaba achando mais vantajoso contratar uma assessoria de cobrança que ofereça esse tipo de serviço.

Quer entender melhor como a utilização de Data Analytics pode beneficias sua empresa? Converse com a Intervalor!

Possuímos um dos modelos de cobrança mais completos do mercado. Utilizamos tanto Data Analytics quanto Machine Learning para otimizar a recuperação do seu crédito! Conheça o nosso modelo ONE to ONE!